Sustento - Coletivo Kókir

Sustento - vista da exposição - foto Gilson Camargo

 

 

Voracidade - vista da exposição - foto Kraw Penas


 

 

O coletivo Kókir apresenta Sustento/Voracidade um projeto que se realiza simultaneamente em dois espaços físicos e simbólicos: O Museu Paranaense, que atualmente desenvolve estudos nas áreas da Arqueologia, Antropologia e História, e a Galeria Farol Arte e Ação, que joga luz sobre a produção crítica nas práticas contemporâneas. A exposição Sustento é apresentada no espaço da Galeria Farol Arte e Ação e a exposição Voracidade acontece no Museu Paranaense.

Sustento/Voracidade estabelece um diálogo entre arte contemporânea, indígenas e cidade. As exposições apresentam objetos mestiços, que reforçam a dissolução entre grupos e fronteiras culturais. O coletivo Kókir, que significa fome na língua Kaingang, é autor dos objetos criados a partir de objetos feitos pelos indígenas. Formado pelos artistas Tadeu dos Santos e Sheilla Souza, o coletivo Kókir apresenta em Sustento/Voracidade obras fruto de sua aproximação com indígenas Kaingang, residentes na Associação Indigenista – ASSINDI – Maringá.

As criações do Coletivo Kókir simulam uma mordida em fruteiras feitas pelos Kaingang. As fruteiras são feitas pelos Kaingang da Terra Indígena Ivaí (PR), com fibra sintética trançada sobre grades de ventiladores. Os objetos apresentados possuem três camadas sobrepostas: a produção industrial, a indígena e a do coletivo. A fusão permite que possam ser vistos como objetos urbanos industrializados e ao mesmo tempo artesanais, pelo trançado Kaingang. Depois da intervenção do coletivo Kókir, os objetos passam a ter uma terceira dimensão simbólica, incorporada ao contexto da arte contemporânea.

A exposição Sustento será inaugurada no dia 2 de agosto na Galeria Farol Arte e Ação. Voracidade abre no dia 3 de agosto no Museu Paranaense.

 

 

Objeto Sustento 10

Rio das Cobras, 2016

Coletivo Kókir e Joanilton da Silva
Grade de ventilador e fibra sintética
150 x150 cm

 

 

 

Gravura Sustento 14

Kaa guy Guaxu Palmital, 2016
Coletivo Kókir
Impressão em papel algodão
20 x 20 cm

 

 Cerco Grande, 2016 
Coletivo Kókir e Joanilton da Silva
Gaiola e fibra sintética 46 x 46 x 21 cm

 

 

Barão de Antonina, 2016 
Coletivo Kókir, Luiz da Silva e Joanilton da Silva
Carrinho de mercado e fita sintética 57 x 92 x 105 cm

 

O coletivo Kókir é formado pelos artistas Tadeu Santos e Sheilla Souza

 

SOLICITE GRATUITAMENTE O CATÁLOGO EM VERSÃO DIGITAL!!! Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

SERVIÇO:

SUSTENTO/VORACIDADE

Coletivo Kókir

SUSTENTO

Abertura: 2 de Agosto às 18h

Visitação: De 3 a 25 de Agosto

Terça a Sexta: 14h às 19h

Local: Galeria Farol Arte e Ação

Rua Presidente Faria, 226 – Subsolo

www.farolshow.com.br

 

VORACIDADE

Abertura: 3 de Agosto às 18h

Visitação: De 4 de Agosto a 29 de Outubro

Terça a Sexta-feira: 9h às 18h

Sábados, Domingos e Feriados: 10h às 16h

Local: Museu Paranaense

Rua Kellers, 289

 

 

 

 

 

 

 

Histórico